Notícias

Estou no momento em: Skip Navigation LinksInício > Índice de Notícias > Notícia

CDHU sorteia 265 casas em Espírito Santo do Pinhal

27/12/2022

Evento reuniu em estádio mais de 6 mil famílias inscritas na disputa pelo empreendimento na região de Campinas.

A Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) realizou nesta terça-feira, 27 de dezembro, às 11 horas, o sorteio de 265 casas para famílias de baixa renda do município de Espírito Santo do Pinhal, na Região Administrativa de Campinas. O evento foi realizado no Estádio Fernando Costa e contaou com a presença do Secretário da Habitação Flavio Amary

Participaram do sorteio 6.559 famílias que se inscreveram por aplicativo de celular e pelo site da CDHU em julho e agosto deste ano. Do total de unidades, 19 foram destinadas a famílias com pessoas com deficiência, 14 para idosos, 11 para policiais e 8 para indivíduos sozinhos. Uma unidade foi reservada para família moradora em área de risco. As demais, sorteadas para a população em geral, sendo 144 para famílias com renda entre 1 e 3 salários mínimos, 41 para renda entre 3,01 a 5 salários e 27 para famílias com renda de 5,01 até 10 salários.

O sorteio definiu os titulares e suplentes para a aquisição das moradias. A partir do sorteio, as famílias contempladas vão passar pelo processo de habilitação, no qual há uma verificação para comprovação dos requisitos exigidos no edital de inscrição ao programa habitacional. Caso não se enquadre nos critérios, a pessoa, mesmo sortreada, será desclassificada e um suplente será convocado para o seu lugar, conforme a ordem do sorteio. 

A CDHU encara a fase de habilitação com extrema seriedade porque o propósito é destinar o benefício e, as condições do programa habitacional, para as pessoas que realmente precisam. “A gente constrói casa para quem não tem casa. Hoje 265 famílias já podem sonhar com as suas moradias neste sorteio justo e transparente, disse o Secretário Flavio Amary, durante o evento.

Além de morar ou trabalhar em Espírito Santo do Pinhal há pelo menos cinco anos, o candidato a uma casa da CDHU precisa ter renda familiar de um a dez salários mínimos, não ser proprietário de imóvel, não possuir financiamento habitacional e não ter sido atendido anteriormente por programas habitacionais. Policiais devem trabalhar na cidade, idosos devem comprovar idade mínima de 60 anos e indivíduos sozinhos, 30 anos ou mais.

As casas terão dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e lavanderia, distribuídos em 47,87 m2 de área útil. O empreendimento, localizado Estrada Municipal, Fazenda Morro Azul, Gleba C, é viabilizado pela CDHU em parceria com a prefeitura de Espírito Santo do Pinhal. O investimento na obra é de R$ 41,9 milhões. 

O financiamento dos imóveis seguirá as novas diretrizes da Política Habitacional do Estado de São Paulo, que preveem juros zero para famílias com renda mensal de até cinco salários mínimos. Assim, as famílias pagarão praticamente o mesmo valor ao longo dos trinta anos de contrato, que sofrerá apenas a correção monetária calculada pelo IPCA, o índice oficial do IBGE. O valor das parcelas é calculado levando-se em conta a renda das famílias, que podem comprometer, no máximo, 20% dos rendimentos mensais com as prestações.  

 




Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação
Rua Boa Vista, 170 - 10º, 12º, 14º ao 16º andares - São Paulo - SP - CEP: 01014-930 - Tel: (11) 3638-5100
Horário de Atendimento: das 9 às 18 horas

Governo do Estado de SP